Dicas - 22/08/2019
Como fritar o salgado congelado de forma correta
Preparamos algumas perguntas e respostas para atender às dúvidas que podem surgir ao se preparar saborosos salgados fritos. Clique e saiba mais.

É comum que salgados fritos sejam distribuídos ou armazenados em formato congelado. Quando este processo é feito com a correta preparação, distribuição de unidades e cuidados com materiais utilizados, torna-se uma ótima opção para conservação até que seja finalizado. 

Ao se partir para a etapa de fritar, é preciso que uma série de cuidados sejam tomados para garantir o sucesso da receita. Afinal, um salgado aberto, queimado ou com sabor comprometido por muito óleo não é nada atrativo. 

Preparamos algumas perguntas e respostas para atender às dúvidas que podem surgir ao se preparar saborosos salgados fritos: 

Devo descongelar o salgado antes de fritar? 

Caso seja totalmente descongelado, o salgado frito corre riscos de perda de firmeza da massa e sabor. A estrutura acaba ficando molenga e fácil de despedaçar, podendo gerar as indesejadas aberturas enquanto se frita. 

Sendo assim, não permita que o salgado frito se descongele completamente antes do contato com o óleo. Desta forma, os equipamentos não ficarão sujos e os formatos serão mantidos. 

A dica principal é que se aguarde somente alguns minutos (cerca de 10) com o produto fora do congelador. É um tempo ideal para que somente se perca a temperatura fria extrema. A partir daí, coloque-o imediatamente na quantidade correta de óleo definida. 

Qual a quantidade correta de óleo para fritar os salgados? 

Durante este processo, é importante que os salgados sejam fritos de forma mais homogênea possível. Sendo assim, opte por uma quantidade que os deixe completamente submersos no óleo. 

Para que tudo funcione corretamente, busque utilizar os corretos materiais. É recomendável que você trabalhe com uma panela mais funda ou uma fritadeira elétrica. 

Qual o ponto correto do salgado frito? 

Apesar de bastante relativa, há parâmetros de uma correta finalização do salgado frito. O ponto ideal, que garante crocância, é o que seja capaz de formar uma leve casquinha superficial na massa. 

Esta etapa deve ser feita com bastante atenção. Descuidos quanto ao tempo de fritura podem gerar um salgado aberto ou escurecido. 

E a temperatura? Qual a ideal? 

Os salgados fritos devem ser finalizados em temperaturas bastante específicas. Para que não estourem ou queimem, não devem entrar em contato com temperaturas nem muito frias, nem muito quentes. 

É recomendável que o óleo se mantenha entre 180ºC e 200ºC de temperatura. Quanto mais regular se manter, mais fácil será de monitorar o tempo do salgado frito no fogo. 

Quais cuidados finais são essenciais? 

Quando a fase de fritar é bem finalizada, os cuidados se reduzem. Porém, não deixam de ser indispensáveis. Seu cliente ou apreciador se preocupa tanto com o sabor, quanto com o visual. 

Nunca deixe de escorrer o óleo do salgado frito produzido. A garantia de boa aparência e crocância é firmada neste detalhe. O transporte ou exposição, por exemplo, de salgados com muito óleo acumulado, os torna moles e com aparência de envelhecidos. 

Acompanhando todo o cuidado previamente tido, finalize demonstrando a higiene envolvida em cada etapa. Nos momentos de manuseio e transporte do salgado frito, mantenha-o constantemente envolto por proteções como papéis, luvas, embalagens adaptadas e afastamento de contatos físicos externos. Esta é a melhor forma de fidelizar clientes e atrair degustadores. 

Na tradicionais salgados, cuidamos de tudo para que os processos resultem nos mais gostosos e bonitos salgados fritos. Entre em contato conosco ou conheça nossas opções aqui em nosso site.